Buscar

ENVOLVIMENTO

Muitas são as queixas acerca da superficialidade dos relacionamentos e a dificuldade das pessoas de se doarem e se envolverem.


É você quem entra em uma união amorosa. Se você não estiver presente como é possível entrar profundamente em uma união?


Temos estado fragmentados, tensos, preocupados, mutilados. Por esta razão ficamos com medo de criar níveis mais profundos de intimidade para que a esta realidade não seja revelada. Você terá que abrir seu coração e ele está fragmentado.


O nosso interior tem sido povoado por muitos papéis. Somos uma multidão. Se eu realmente amar alguém e meu coração for aberto isto será revelado. Este é o medo. Nos faltam unidade e coerência para podermos amar.


Por isso, as pessoas têm encontros casuais. Elas não querem se aprofundar. Desejam apenas conquistar e sair correndo. Tocar a superfície e escapar antes que se torne um compromisso. O sexo torna-se empobrecido e superficial. Apenas as cascas se encontram para um alívio corporal, uma catarse.


Para haver um real envolvimento é necessário um mergulho prévio dentro da nossa solidão para resgatar o nosso eu autêntico, desprovido de máscaras e temores de se mostrar. Pois para amar eu preciso me desnudar completamente para o outro e sentir o prazer de tocar e ser tocado.

Posts recentes

Ver tudo

Sentido para a Vida

Em meio aos muitos casos de ansiedade, depressão, e uso abusivo de substâncias, me deparo regularmente com pessoas com dificuldades para encontrar um sentido para a vida. “Me explica melhor o que sent

O TERAPEUTA

Eu era um jovem estudante de Medicina. Meu pai estava doente. Comemoramos juntos, naquele ano, a minha admissão em um disputado estágio de férias. O mundo estava abrindo as suas portas e eu caminhava

MINHA FAMILIA

Às vezes me pego pensando em como teria sido se eu tivesse vivido em outra família, que não a minha. É um exercício inútil, como todos que iniciam com a palavra “se”. Porém me faz refletir sobre os s